poliéster

Um poliéster é um plástico sintético que se obtém por policondensação de ácidos orgânicos e álcoois que no mínimo tenham, respetivamente, dois grupos carboxílicos e dois grupos hidroxilos na sua molécula.
O poliéster politereftalato de etileno obtém-se a partir de ácido tereftálico e do etilenoglicol e utiliza-se para o fabrico de fibras sintéticas (diolen, trevira) e de películas (mylar). Também as resinas alquídicas são poliésteres.
Quando o ácido ou o álcool utilizado é insaturado, pode adicionar-se um composto polimerizável à ligação dupla das macromoléculas (moléculas com um número elevado de átomos). Desta forma obtêm-se as resinas de éster (poliésteres insaturados). Esta reação de reticulação, na qual não se forma nenhum subproduto, pode desenrolar-se, com frequência, a temperatura normal e sem aplicação de pressão. Por esta razão, os poliésteres insaturados são usados como resinas de colagem. Os poliésteres são usados para fabricar fibras sintéticas resistentes e que não enrugam, folhas transparentes que não encolhem, pó de modelagem, pranchas onduladas, vernizes e coberturas protetoras.
Também são usados em eletrotecnia e no fabrico de carroçarias, planadores e barcos.
As placas de poliéster reforçado com fibra de vidro utilizam-se como placas translúcidas e como revestimentos.
As fibras e filamentos de poliéster obtêm-se a partir do produto de policondensação do etilenoglicol e do ácido tereftálico, por fusão, fiação através de fieiras e, estiramento e corte. São elásticas e não enrugáveis, têm boa resistência aos agentes químicos, biológicos, climáticos e à luz. São utilizadas simples ou misturadas com outros tipos de fibras, na indústria do vestuário, assim como em artigos técnicos, como filtros, cordas, isolantes, fibras de reforço para pneus, entre outras aplicações.
As principais designações comerciais são Diolen e Trevira.
Como referenciar: poliéster in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 23:25:57]. Disponível na Internet: