previsão e prevenção da atividade vulcânica

Os fenómenos resultantes da atividade vulcânica, nomeadamente o vulcanismo primário, constituem um risco natural para as populações humanas. A utilização de métodos de previsão e o estabelecimento de medidas de prevenção relativamente à atividade vulcânica permitem minimizar os riscos vulcânicos.
A previsão de erupções vulcânicas baseia-se na identificação de alguns acontecimentos que são considerados sinais precursores, como, por exemplo, a deteção de anomalias físicas e químicas - como deformações no cone vulcânico, variação da temperatura da água e do solo nas proximidades dos vulcões, alteração da composição dos gases emanados - e a deteção de atividade sísmica.
Outro passo fundamental na previsão é a elaboração de mapas de zonas de risco (cartas de risco) que se baseiam na história eruptiva do vulcão. Para além da previsão, a sensibilização e educação das populações para uma situação de risco podem salvar muitas vidas.
Como referenciar: previsão e prevenção da atividade vulcânica in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-15 18:44:16]. Disponível na Internet: