Prithivi

Mãe da terra, ou mesmo "a terra", é uma das divindades mais antigas da religião hindu. Era a esposa de Dyaus, "o céu", pai da criação. Ambos eram bons, poderosos e justos. Existia um rei chamado Vena, famoso pela sua maldade e pela sua inobservância dos preceitos religiosos. Impiedoso, fez com que se chegasse a altura em que se tornou insuportável. Os Rishis, divindades indianas, resolveram então matá-lo, o que conseguiram. Mas veio a anarquia: muitos diziam que era melhor ter um rei mau do que nenhum. Então, do féretro de Vena fizeram nascer uma anão negro, que logo perguntou ao nascer: "Que deverei eu fazer?"Senta-te!", disseram-lhe, que em sânscrito se diz Nisida!, pelo que ainda hoje os seus descendentes se chamam os Nisidis. O cadáver de Vena estava puro, pois toda a ruindade dele saíra com o anão negro. Resolveram então mexer no braço direito, de Vena, de onde saíu um belo e radioso príncipe, a quem se chamou Prithu, o qual começou a reinar no lugar de seu pai.
Mas as coisas não correram bem no início do seu reinado, com penúrias e fomes, pelo que Prithu resolveu "matar" a Terra, para dela retirar frutos. Amedrontada, a Terra transformou-se em vaca, tendo sido perseguida por Prithu até ao céu de Brama, acabando por render-se. A Terra perguntou então porque é que Prithu a queria matar, o que era uma blasfémia. Mas o pragmático rei respondeu-lhe que o seu sacrifício, o de um ser maligno, era para saciar a fome de muitos, interpelando-o a Terra com a questão "então onde arranjarás depois sustento para todos?" Vencida, logo a Terra repôs ordem na Natureza, reavivando as espécies vegetais, regados que seriam por seu leite. A Terra aspergiu então toda a terra com o seu leite, desabrochando a vida produtiva e enriquecendo os celeiros e reservas de víveres do povo. Prithu ficou por isso com fama de bom governante.
A Terra retomou assim a sua "vida" e deu vida também à humanidade, recebendo de Prithu o nome de Prithivi.
Um dos modelos de mísseis nucleares indianos foi batizado precisamente com o nome desta divindade.
Como referenciar: Prithivi in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-13 19:41:57]. Disponível na Internet: