processo de Haber

O processo de Haber foi inventado pelo químico alemão Fritz Haber.
É um processo industrial para a produção de amónia por reação de azoto com hidrogénio. A reação é reversível e exotérmica, de forma que a formação de uma grande quantidade de amónia é favorecida por temperaturas baixas. No entanto, a velocidade da reação seria demasiado baixa para que se alcançasse o equilíbrio a temperaturas normais, assim uma temperatura de cerca de 450 ºC é ótima usando um catalisador de ferro contendo óxido de alumínio e de potássio. Utiliza-se normalmente uma pressão de cerca de 250 atmosferas.
Este processo é muito importante para a fixação de azoto para fertilizantes.
Este processo foi desenvolvido para uso industrial por Carl Bosch, daí a designação alternativa de processo de Haber-Bosch. Neste processo a matéria-prima (gás de síntese) é obtida por vaporização de gás natural reciclado.
Como referenciar: processo de Haber in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-23 00:18:58]. Disponível na Internet: