Prosas

Volume póstumo, organizado e prefaciado por Teófilo Braga, que procedeu à compilação de vários artigos extraídos de jornais como O Bejense e a Folha do Sul, a fim de divulgar uma faceta menos conhecida do talento do poeta de Campo de Flores. A obra reúne "Narrativas singelas", "Cartas, prólogos e críticas", secção onde se encontram artigos de crítica literária - incluindo "Os Lusíadas e a Conversação Preambular", de 1863, onde João de Deus afronta Castilho por este ter afirmado a sua preferência pelo D. Jaime, de Tomás Ribeiro, em detrimento de Os Lusíadas -, bem como cartas endereçadas a Antero de Quental, Teófilo Braga, Joaquim de Araújo e Eugénio de Castro, entre outros; "Cartas sobre o método de leitura"; "Cartas íntimas"; "Através da imprensa", rubrica que colige artigos sobre assuntos de natureza política; finalmente, "Traduções", onde se encontram versões de Darboy e Mery.
Como referenciar: Prosas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-24 22:29:28]. Disponível na Internet: