puberdade

A puberdade corresponde ao período de crescimento em que ocorre o desenvolvimento sexual, geralmente associado a um crescimento repentino. A puberdade acarreta uma série de mudanças físicas e mentais que levam os jovens, rapazes e raparigas, a apresentarem características que lhes permitem a reprodução.
As mudanças morfológicas e fisiológicas da puberdade são progressivas, desenvolvendo-se durante três ou quatro anos. Verificam-se, em geral, entre os 12 e os 15 anos nas raparigas, e entre os 13 e os 16 nos rapazes. Durante este período, os órgãos genitais e todo o organismo se transformam. A criança torna-se adolescente e depois adulto com a capacidade de se reproduzir.
Na puberdade, a rapariga feminiza-se: dá-se o aparecimento do mamilo e o crescimento dos seios, a aparição da pilosidade pubiana, a primeira menstruação. As doses de hormonas sanguíneas revelam um aumento na produção de estrogénio. Nos rapazes a voz engrossa, aparece a pilosidade corporal (barba, púlvis), aumenta o tamanho dos testículos e do pénis, etc. As mudanças corporais que ocorrem na puberdade têm diversos e úteis resultados, dos quais os mais importantes são a preparação para a conceção e fertilização.
A idade da aparição da puberdade é variável conforme os indivíduos, mas investigações efetuadas em dezassete países europeus mostram que a idade em que aparecem as primeiras menstruações é cada vez mais precoce. A melhoria das condições socioeconómicas (melhor qualidade da alimentação, melhor assistência médica, etc.) parece ser responsável por este avanço.
O longo período que decorre até o ser humano atingir a fertilidade permite, por imitação dos adultos e por reflexão sobre os problemas, aprender como proteger as gerações seguintes.
Como referenciar: puberdade in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-24 13:45:18]. Disponível na Internet: