qualquer ou nenhuma?

"Nunca foi entregue qualquer carta" ou "Nunca foi entregue nenhuma carta"?

As duas construções estão corretas.

Na frase «nunca foi entregue qualquer carta», a ideia de negação está contida no advérbio nunca.

Na frase «nunca foi entregue nenhuma carta», a ideia de negação está contida não só no advérbio nunca, como também no determinante nenhuma, que vem reforçar a negação.

Como referenciar: qualquer ou nenhuma? in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 13:54:17]. Disponível na Internet: