queijos franceses

A França é um dos maiores produtores mundiais de queijo e neste país confecionam-se alguns dos mais conhecidos do planeta, como é o caso do Camembert, do Roquefort, do Brie, do Caprice des Dieux e do Raclette, entre outros. No total, são produzidas mais de 400 variedades de queijo em França.
É praticamente impossível datar o início da produção deste derivado do leite em França, mas já no ano 60 o historiador romano Plínio, O Velho se referia aos queijos de Arvernes e Gévaudan, territórios gauleses.
Um dos mais famosos queijos de França é o Camembert, originário de uma localidade com este nome, situada na Normandia. Trata-se de um queijo suave e cremoso, feito com base em leite de vaca não pasteurizado e comercializado após três semanas de maturação. O Camembert é um queijo granuloso e algo espesso que, com o envelhecimento, fica com uma sabor mais acentuado. É consumido, essencialmente, com pão ou a acompanhar vinho e carne. Este queijo terá sido criado em 1791, embora com as atuais características só tenha começado a ser produzido em finais do século XIX. Inicialmente, o Camembert tinha uma cobertura azul-esverdeada, mas mais tarde tornou-se praticamente branca. O Camembert é comercializado numa pequena caixa de madeira que foi criada em 1890 para facilitar o transporte e a exportação. O Brie, que tem origem no século VIII, é um queijo redondo, cor de creme, com uma cinta branca comestível. O seu conteúdo amanteigado tanto pode ser feito a partir de leite de vaca cru ou pasteurizado, gordo ou magro, e deve ser consumido poucos dias depois de ser aberto. Originário das cidades de Seine e Marne, em 1815 foi considerado o rei dos queijos.
O Roquefort, outro dos grandes queijos franceses, é elaborado com leite cru de ovelha e tem origem na região de Causses de l'Aveyron, onde terá aparecido já no final da Idade Média. Tem uma pasta azulada e deve ser consumido depois de cerca de cinco meses de maturação.
O queijo Caprice des Dieux, feito à base de leite de vaca, foi criado em 1956 em Illoud, no Haute-Marne, caracterizando-se por ter uma pasta mole. Este queijo surgiu por iniciativa do dono de uma pequena leitaria que queria lançar um produto que se destacasse para além da região onde vivia. Após cinco anos de estudos, lançou o Caprice de Dieux, com um sabor cremoso, ligeiramente salgado a acidado.
O queijo Raclette, de origem suíça, tornou-se num dos mais populares de França, onde é feito com leite de vaca pasteurizado nas regiões de Savoie, Franche-Comté e Bretanha. Tem forma de prato e deve maturar entre três a seis meses. Depois é ingerido após ser derretido junto a uma fonte de calor, acompanhado de batatas ou de charcutaria.
Apesar de existir, pelo menos, desde o século XVI, a designação raclette só surgiu em 1909, numa exposição em Valais.
Como referenciar: queijos franceses in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-25 05:59:28]. Disponível na Internet: