queijos italianos

Os queijos italianos são bastante populares em todo o mundo. Um dos queijos mais conhecidos de Itália é o Gorgonzola, feito à base de leite de vaca, que tanto pode ser cremoso como rígido, assim como granulado e salgado. É algo azulado no seu interior, uma característica que foi implementada no século XI, apesar deste queijo já existir desde a baixa Idade Média. Durante o processo de envelhecimento, que dura entre três a quatro meses, o queijo é perfurado de modo a criar veios de ar, com os quais é possível obter os raios azuis. O queijo nasceu em Gorgonzola, uma cidade da região de Milão.
O Mozzarella, por seu turno, é um queijo fresco que é elaborado depois de ser centrifugado e cortado, recorrendo essencialmente a leite de vaca ou de búfalo. Este queijo deve ser servido no dia em que é feito. É muito vulgar o seu uso na confeção de pizza e lasanha. O queijo é embebido em água salgada e por vezes é adicionado ácido cítrico. Há quem defenda que este tipo de queijo surgiu, no século XII, num mosteiro e a designação mozzarella, para a qual há diversas explicações, só começou a surgir no século XVI. O Parmesão, considerado por muitos especialistas o rei do queijo, é rígido e granuloso e nasceu nas regiões de Reggio Emília e Parma, já existe desde a Idade Média na primeira região, de onde se espalhou para Parma. O Parmesão produzido nos séculos XIII e XIV era já muito semelhante ao da atualidade. O Parmesão é confecionado com leite de vaca, misturando leite do dia com o da véspera. O leite é vertido em tinas de cobre e, posteriormente, é colocado numa forma para se tornar redondo. Depois é mergulhado num banho especial durante vinte dias para absorver o sal. De seguida, passa por um ano de envelhecimento. O queijo tem um sabor frutado e é ligeiramente granulado. Este queijo pode ser usado para adicionar à massa, sopa ou risotto, ou então comido à fatia.
O queijo Ricotta é feito com o soro de leite que sobra da confeção de queijos como o Mozzarella e o Provolone. Ricotta significa, precisamente, cozinhado de novo e refere-se ao segundo tratamento que é dado a este líquido. O soro é aquecido para aproveitar as proteínas que haviam sobrado. Dá origem a um queijo cremoso e granulado que é frequentemente utilizado em sobremesas.
O Grana Padano, que é produzido desde o século XII, tem uma designação proveniente de grana, palavra italiana que significa grão, já que é um queijo granuloso. Padano é relativo à proximidade geográfica com o rio Po. Trata-se de um queijo meio-gordo, de leite de vaca, que é cozinhado e amadurecido lentamente. É um queijo cilíndrico e tanto pode ser branco como amarelo palha.
Como referenciar: queijos italianos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 08:48:35]. Disponível na Internet: