Radiohead

Os Radiohead surgiram em 1988, por iniciativa de cinco estudantes da Universidade de Oxford, em Inglaterra. Thom Yorke (n. Thomas Edward Yorke, 07-10-68), Ed O'Brien (n. Edward John O'Brien, 15-04-68), Jonny Greenwood (n. Jonathan Richard Guy Greenwood, 05-11-71), Colin Greenwood (n. Colin Charles Greenwood, 26-06-69) e Phil Selway (n. Phillip James Selway, 23-05-67) chamavam-se inicialmente On A Friday, dado que apenas tinham oportunidade de ensaiar à sexta-feira (em inglês, "Friday"). No entanto, decidiram mudar para Radiohead devido a um tema dos Talking Heads com o título "Radio Head" de que gostavam muito.
Iniciaram a sua carreira musical com o EP Drill, composto por quatro temas, lançado em março de 1992, e que teve em "Prove Yourself" a canção principal. Pouco tempo depois, assinaram contrato com a editora EMI/Capitol.
Em 1993 lançaram o seu primeiro álbum, intitulado Pablo Honey (1993), do qual fizeram parte os singles "Creep", "Anyone Can Play The Guitar" e "Pop Is Dead". O tema "Creep" alcançou êxito mundial, impondo-se no mercado norte-americano e obtendo grande divulgação nas rádios e na estação televisiva MTV. Apesar da desconfiança dos críticos quanto à consistência dos Radiohead, o segundo longa-duração, The Bends, lançado em 1995, obteve excelentes análises. Temas como "High And Dry", "Fake Plastic Trees", "Just", "My Iron Lung" e "Street Spirit" ajudaram a construir uma base de admiradores estável em todo o mundo. Entretanto o grupo contribuiu com o tema "Lucky" para o álbum HELP, disco de apoio às vítimias da guerra na Bósnia.
Em 1997, surgiu o terceiro trabalho do grupo, OK Computer, considerado quase unanimemente pela crítica um dos melhores álbuns da década de 90. Apelidado de obra-prima, OK Computer incluiu sucessos como "Paranoid Android", "Karma Police" e "Climbing Up The Walls". Foi galardoado com o prémio Grammy na categoria de melhor álbum de música alternativa.
O quarto longa-duração dos Radiohead, Kid A, teve a particularidade de não ter passado, por opção do grupo, pelos mecanismos normais de promoção, dispensando o lançamento de singles e vídeos ou a realização de fotos promocionais. Os Radiohead tomaram esta atitude como necessidade de ultrapassar a pressão que existia em seu torno, gerada pelas enormes expectativas em torno do sucessor de OK Computer. Lançado em outubro de 2000, Kid A entrou surpreendentemente para o primeiro lugar das tabelas de vendas dos EUA e obteve quatro nomeações para os prémios Grammy.
Em 2001, o grupo lançou Amnesiac, o seu quinto trabalho, composto por temas gravados durante as sessões de gravação de Kid A. "Pyramid Song" foi o primeiro single a ser extraído de Amnesiac.
Seguiu-se, ainda nesse ano, o lançamento de I Might Be Wrong: Live Recordings, um mini-álbum gravado ao vivo.
A banda não voltou a editar um álbum de estúdio antes de 2003, ano de lançamento do muito aguardado Hail To The Thief. Este registo apresentou os Radiohead com um som fresco, ambiental e catártico, mantendo-os no topo da popularidade do circuito alternativo.
Como referenciar: Radiohead in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-05 23:34:16]. Disponível na Internet: