Ralph Lauren

O estilista norte-americano Ralph Lauren nasceu a 14 de outubro de 1939, no Bronx, em Nova Iorque, mas na altura o seu nome era Lipschitz. Ralph fez os estudos em Nova Iorque e, posteriormente, serviu o exército dos Estados Unidos da América entre 1962 e 1964.
Quando saiu da tropa, fundou uma loja de gravatas desenhadas por si, apesar de não ter nenhuma formação como estilista. Resolveu então trocar o nome para Ralph Lauren. As gravatas eram ousadas para a época, mas foram desde logo um grande sucesso.
Aos 28 anos, Ralph criou o famoso estilo britânico de roupa axadrezada - tweedy - através da agora não menos famosa marca Polo. No ano seguinte, tornou-se o fundador, criador e líder da Polo Fashions New York, funções que desempenha até hoje. As roupas criadas por Ralph Lauren combinam o estilo country americano e o clássico britânico, sendo ao mesmo tempo confortáveis e elegantes. Em 1970 ganhou o prémio Coty para roupa de homem e em 1974 o relativo a vestuário feminino, que já criava desde 1971, mas a fama internacional só chegou nesse mesmo ano quando desenhou o guarda-roupa masculino do filme O Grande Gatsby, com o ator Robert Redford. Apesar do filme retratar uma época distante em 75 anos, as roupas criadas por Ralph Lauren provaram ser intemporais.
Ralph Lauren foi um dos primeiros costureiros a criar um estilo de vida, já que quando elaborava uma peça de roupa procurava enquadrá-la sempre num todo. Tudo tinha que estar em harmonia.
Os vários produtos Ralph Lauren - roupa feminina, masculina e de criança, perfumes, lençóis, sofás, louças, etc. - fizeram desta marca uma das mais rentáveis do mundo, posição que se cimentou especialmente a partir de meados da década de 80, quando a linha de vestuário Polo se tornou muito popular. Apesar da concorrência da Tommy Hilfiger, que se notou principalmente em meados da década de 90, a Ralph Lauren reconquistou o topo a partir de 1995, quando lançou os jeans acessíveis Polo e as coleções de roupa feminina. Em 1997, Ralph Lauren foi buscar inspiração às antigas colónias britânicas em África para continuar a lançar coleções bem sucedidas no mercado. Em 2000 nasceu a Ralph Lauren Media com a página na internet "polo.com". Um ano mais tarde surge a Fundação Polo Ralph Lauren que criou um fundo para que clientes e funcionários pudessem contribuir para a resolução dos problemas causados pelos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 em Nova Iorque. Os lucros são distribuídos sobretudo pelos filhos das vítimas. O estilista fundou ainda o Centro de Tratamento e Prevenção de Cancro Ralph Lauren para oferecer às pessoas a melhor qualidade no diagnóstico e tratamento da doença.
Como referenciar: Ralph Lauren in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-04-09 19:14:33]. Disponível na Internet: