Raul

Avançado internacional espanhol Raul Gonzalez Branco nasceu a 27 de junho de 1977, nos arredores de Madrid.
Começou muito cedo a jogar futebol, tendo representado uma equipa local, o San Cristobal de Los Angeles. Aos 13 anos, por influência do pai, assinou um compromisso com o Atlético de Madrid, onde fez carreira nas camadas jovens. Mas, em 1994 o presidente do Atlético, Jesus Gil y Gil, resolveu acabar com o futebol jovem do clube para poupar nas despesas. Raul ficou sem clube para jogar e resolveu tentar a sorte na equipa rival, o Real Madrid. Raul começou a época 1994/1995 a jogar no Real Madrid C, a terceira formação do clube, destinada a fazer rodar os futebolistas mais jovens. Em sete jogos marcou 13 golos e logo em outubro de 1994 foi chamado pelo treinador Jorge Valdano para passar a trabalhar na equipa principal. Assim, com apenas 17 anos e quatro meses passou a ser o mais jovem jogador de sempre a vestir a camisola do Real Madrid em jogos oficiais. Nessa temporada, entrou em 28 jogos, marcou nove golos e sagrou-se campeão de Espanha. Rapidamente passou a ser uma das novas estrelas de um dos campeonatos mais competitivos do Mundo.
Dois anos depois, em outubro de 1996, Raul foi pela primeira vez chamado a representar a seleção espanhola, num jogo com a República Checa. O avançado do Real Madrid foi determinante na qualificação para o Mundial de França de 1998. No entanto, nesta importante prova, esteve longe de confirmar as expectativas ao marcar apenas um golo. Entretanto, foi feita uma renovação na seleção espanhola e Raul ganhou cada vez mais protagonismo. Na fase de apuramento para o Europeu de 2000, disputado na Bélgica e na Holanda, marcou onze golos. Na fase final, tal como em França, esteve aquém das expectativas. Em 2002, no Mundial que teve lugar na Coreia do Sul e Japão, Raul marcou três golos em quatro jogos.
A nível de clubes a carreira foi correndo muito melhor já que ganhou o campeonato de Espanha em 94/95, 96/97, 2000/01, 2002/03 e a Liga dos Campeões em 97/98, 99/2000 e 2001/2002. Raul conta também com duas Taças Intercontinentais no seu palmarés, ganhas em 1998 e 2002. Entretanto, em 1998/99 e 2000/01 foi o melhor marcador da liga de Espanha.
Em 2001, Raul foi eleito pela FIFA, organismo máximo do futebol mundial, o terceiro melhor jogador do mundo. Em 2004, Raul, com apenas 25 anos, detinha na sua conta pessoal mais de 470 partidas oficiais, com um total de mais de 240 golos.
Como referenciar: Raul in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-17 05:46:34]. Disponível na Internet: