Raul Augusto Esteves

Oficial do Exército (1878?-1955) distinguiu-se durante a Primeira Grande Guerra na Flandres, onde comandava uma Batalhão de Sapadores de Caminhos de Ferro, que lhe valeu a comenda da Ordem da Torre e Espada e a "Cruz de Guerra".
Em 1920 foi eleito presidente do conselho de administração dos Caminhos de Ferro do Sul e Sueste. Teve um papel muito ativo na debelação de movimentos grevistas de ferroviários em tempos de conturbação social o que ocasionou alguns atentados à sua vida.
Foi chefe do movimento de 18 de abril e a sua ação foi da maior importância na preparação do 28 de maio. Tomou parte na revolução de 7 de novembro de 1927 contribuindo para que tivesse sido reprimida. Esteve a seu cargo a missão militar portuguesa que se deslocou a Espanha durante a guerra civil espanhola.
Os numerosos galardões com que foi premiado mostram o seu alto valor. Da sua atividade como ensaísta saíram algumas obras que tratam problemas ligados à defesa nacional.
Como referenciar: Raul Augusto Esteves in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-20 11:55:18]. Disponível na Internet: