relações públicas

1. Esforço planificado, coeso e contínuo para criar e manter um clima favorável entre uma organização (instituição, empresa ou coletividade) e os seus públicos. Constituem-se como profissão, no início do século XX, com o jornalista Irving Lee, ao lançar num artigo uma campanha para modificar a imagem negativa que tinham John D. Rockfeller e o seu império junto da opinião norte-americana.
Pode exercer-se quer sobre a imagem global juntos de todos os públicos, quer sobre uma imagem setorial e um público restrito, como sejam: as internas, para melhorar o relacionamento entre a administração e os empregados; as financeiras, exercidas junto da comunidade financeira (acionistas, investidores, banca, analistas económicos); governamentais, ou lobbying, conducentes aos órgãos de soberania (presidente da República, Assembleia da República e Governo), e às entidades oficiais (partidos políticos, câmaras municipais, etc.).

2. O relações públicas é o profissional de uma organização cuja característica essencial é ser o estratega da comunicação interna e externa da mesma, passando sobretudo por ações pouco visíveis ou de bastidores. As suas ações mais notadas centram-se na realização de eventos, com o objetivo de manter, elevar ou recuperar a imagem da organização ou o conceito em que ela é tida perante os seus públicos externo, interno e misto).

Como referenciar: relações públicas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 19:25:14]. Disponível na Internet: