Revolução Mexicana

O ano de 1917 trouxe para o México uma nova Constituição, que proibia os presidentes de servirem vários mandatos consecutivos, enunciava um Código Laboral, determinava a expropriação das propriedades dos religiosos e restaurava as terras comunais dos nativos, e que resultou na eleição do presidente Carranza. Esta eleição porém não conseguiu apaziguar a tensa situação vivida no país, pois logo em 1920 os generais Plutarco Elías Calles, Álvaro Obregon e Adolfo de la Huerta revoltaram-se contra o presidente, que foi assassinado, e sucedido por Obregon. O novo presidente estabeleceu conversações em 1923 com as companhias petrolíferas americanas, o que lhe mereceu o reconhecimento dos EUA, que o ajudaram a derrotar uma revolta liderada por Adolfo de la Huerta. No ano seguinte (1924), Calles estava na presidência e implementava um programa de reformas, que provocou um forte protesto por parte da Igreja. O embaixador americano Dwigjt W. Morrow tentou mediar este conflito em 1927. Calles deu lugar a Obregón (1928), assassinado passados pouco meses por religosos fanáticos. A governação do país foi temporariamente entregue a Abelardo L. Rodrígues, um apoiante de Calles, em 1932. Lázaro Cárdenas tomou o poder em 1934 pondo em prática um plano económico e social delineado pelo Partido Revolucionário Nacional, com o objetivo de lutar pelo aumento da qualidade de vida dos mexicanos. Em 1938, as companhias petrolíferas estrangeiras recusaram pagar os salários exigidos pelos mexicanos, originando a criação de uma agência dos Petróleos Mexicanos (Pemex) para administrar a indústria nacionalizada, o que dificultou as relações com os EUA, a Holanda e a Grã-Bretanha, levando à procura de mercados alternativos nos países que vieram a ser derrotados pela Segunda Grande Guerra. Manuel Ávila Camacho, um político trabalhista, foi proclamado presidente em 1940, passando a defender uma política de boa vizinhança com os EUA.
Como referenciar: Porto Editora – Revolução Mexicana na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-06 00:25:29]. Disponível em