Rio Congo

Rio da África equatorial, com uma extensão de 4700 quilómetros. É o segundo maior rio africano em comprimento (o mais longo é o Nilo) e o primeiro em volume de águas. A nível mundial é o segundo maior rio em volume de águas, somente excedido pelo Amazonas. Drena uma das maiores bacias do mundo, ocupando cerca de 3 750 000 Km2, entre os lagos equatoriais a este e o oceano Atlântico a oeste. Nasce a uma altitude de 1430 metros, ligeiramente a sul do lago Tanganica, na Zâmbia, muito perto da sua fronteira com a Tanzânia; atravessa o território da República Democrática do Congo e de Angola para desaguar no oceano Atlântico, num amplo estuário. A partir da nascente, corre na direção sul-norte e, depois de descrever uma grande curva, passa a correr de nordeste para sudoeste. Tem dois grandes afluentes, o Ubangui, na margem direita, e o Cassai, na margem esquerda. O Congo chega a ter, em alguns sítios, mais de 15 quilómetros de largura e, para vencer o rebordo montanhoso do planalto, despenha-se em mais de 32 quedas de água, sendo a primeira de Levingston e a última de Ielala, a 200 quilómetros da foz. Tem um regime regular e transporta grandes quantidades de água através da floresta equatorial.
Em 1484, Diogo Cão foi até ao estuário deste rio. No século XIX, o seu estudo geográfico foi feito por Serpa Pinto e Hermenegildo Capelo.
Como referenciar: Rio Congo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-23 02:37:15]. Disponível na Internet: