Robert Andrews Millikan

Físico norte-americano nascido em 1868 e falecido em 1953. Formado em 1893 em Física e professor da cadeira na Universidade de Chicago, em 1911, fez pela primeira vez a determinação do valor da carga do eletrão. Millikan espalhou pequenas gotas de óleo entre duas placas horizontais com cargas elétricas e observou, com auxílio de um microscópio, como as gotas reagiam à alteração da voltagem das placas. Conseguiu, assim, medir a carga elétrica que elas tinham absorvido, carga que era múltipla de um número que correspondia à carga de um só eletrão. Outro trabalho que o notabilizou na história da ciência foi a determinação da constante de Planck, descoberta vital do desenvolvimento da teoria quântica. Por estes seus trabalhos foi-lhe atribuído o Prémio Nobel da Física em 1923.
Outra área de investigação digna de referência foram os raios cósmicos. Millikan foi considerado o maior especialista norte-americano em raios cósmicos; ele acreditava que estes eram uma forma de radiação eletromagnética, com mais energia que os raios gama, vindos dos confins do Universo.
Como referenciar: Robert Andrews Millikan in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-24 07:14:51]. Disponível na Internet: