Robert Bloch

Escritor norte-americano, Robert Bloch nasceu a 5 de abril de 1917, em Chicago, no estado do Illinois. Estudou em escolas particulares em Maywood e em Milwaukee. Em criança, ficou bastante impressionado com o cinema de terror, tendo assistido pela primeira vez aos noves anos de idade a The Phantom of the Opera (O Fantasma da Ópera). Começou então a devorar revistas literárias da especialidade, como a Weird Tales. Ainda aluno do ensino secundário, Bloch começou a escrever histórias.
Terminados os seus estudos, adquiriu uma máquina de escrever em segunda mão e conseguiu vender o seu primeiro conto The Feast In The Abbey à revista Weird Tales, com apenas dezanove anos. Com a Depressão causada pela queda na Bolsa de Valores de Wall Street, teve dificuldade em arranjar trabalho, pelo que, e entre 1932 e 1942, escreveu a tempo inteiro.
Após a morte do escritor H. P. Lovecraft, ocorrida em 1937, grande influenciador da sua obra, Bloch alargou os horizontes da sua ficção, ao incluir vudu, possessões diabólicas e magia negra nas suas obras. Em 1939 publicou um conto humorístico que o consagrou como o escritor mais capacitado desde Ambrose Bierce. Na década de 40 começou a demonstrar interesse pela mente de assassinos psicopatas, em parte por julgar ter esgotado o tema do sobrenatural. Publicou em 1943 Yours Truly, Jack The Ripper, conto em que recriava a vida do mais famoso de todos os assassinos de série. Em 1947 seria a vez do seu primeiro romance, The Scarf, que contava a história de um jovem transformado num assassino por causa de um trauma de infância.
Em 1942 passou a trabalhar numa agência publicitária, aí permanecendo durante onze anos. Fez com que se desbotasse a fronteira entre os géneros policial e de terror. Em 1953 foi viver para Hollywood, para trabalhar como argumentista. No mesmo ano, escreveu o famoso argumento para o filme Psycho de Alfred Hitchcock. Procurou expandir a obra ao continuá-la, formando uma trilogia com a publicação de Psycho II (1982) e Psycho House (1990).
Bloch foi por diversas vezes galardoado, tendo recebido em 1960 um Edgar da Associação de Escritores de Policiais norte-americana, da qual chegou a ser presidente de 1970 a 1971.
Faleceu a 23 de setembro de 1994.
Como referenciar: Robert Bloch in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-17 14:05:59]. Disponível na Internet: