Romance de Tebas

O Romance de Tebas (inspirado no poema épico Tebaida, de Estácio) foi escrito, entre 1150 e 1160, por um anónimo. Foca as lutas entre os filhos de Édipo, Polinices e Etéocles, no episódio conhecido por Sete Contra Tebas.
No Romance de Tebas, narra-se ainda: a história de Édipo; o exílio de Polinices; o casamento das filhas de Adrasto; a mensagem de Tideu; o combate dos cinquenta, a que se seguiram os preparativos de guerra; os episódios de Hipsipilo e Montflor; a chegada dos gregos a Tebas e as suas várias batalhas; e as mortes de Anfiareu, Aton, Tideu, Hipomedo e de Partenopeu; o combate mortal entre os irmãos Polinices e Etéocles, filhos de Édipo; a chegada das mulheres de Argos e do Duque de Atenas a Tebas. O episódio sobre a conquista da cidade de Tebas encerra o Romance de Tebas.
Este romance medieval, tal como os romances de Troia, de Eneias e de Alexandre, tinha como objetivo tornar populares os mitos, as lendas e os heróis da Grécia Clássica. De uma forma didática, introduziu modelos estéticos e abordou temas políticos. Uma das inovações da adaptação dos temas consistiu na introdução do amor cortês nas histórias épicas. Para além disso, esta literatura revelou já a capacidade de análise psicológica e de introspeção, pelos monólogos e diálogos. As longas e imaginativas descrições dos lugares e dos personagens ajudaram a desenvolver uma sensibilidade estética e a transmitir os conhecimentos dos autores da época. Por isso, estes romances, compostos no reinado de Leonor de Aquitânia, refletem os ideais palacianos da altura.
A redescoberta da Antiguidade, durante a Idade Média, levou a que muitas traduções latinas das obras da Grécia Antiga fossem adaptadas para romance ou romanço, a língua vulgar que deu origem ao francês. Essas versões livres não só tinham muitos anacronismos, como também moldavam as personagens da Antiguidade aproximando-as das atitudes próprias dos cavaleiros medievais.
Como referenciar: Romance de Tebas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-21 05:37:31]. Disponível na Internet: