Ruanda

Geografia
País da África Central. Situado na região dos Grandes Lagos Africanos, muito próximo do equador, com uma área de 26 338 km2. Faz fronteira com o Uganda, a norte, com a Tanzânia, a leste, com o Burundi, a sul, e com a República Democrática do Congo, a oeste. As principais cidades são Kigali, a capital, com 305 700 habitantes (2004), Ruhengeri (40 900 hab.), Butare (39 600 hab.) e Gisenyi (30 300 hab.). É um país sem acesso direto ao mar, mas os lagos da região permitem à população dedicar-se à pesca, uma atividade relativamente importante. O Ruanda é um país muito montanhoso, em que a floresta cobre ainda 21% do território.

Clima O clima é tropical de altitude, com duas estações das chuvas.

Economia
Das atividades económicas, destaca-se a produção de batata-doce, mandioca, batata, café (que constitui mais de metade das exportações), chá, madeira e estanho (os minerais representam 10 a 15% do total das exportações). O pouco ouro produzido no Ruanda é contrabandeado. Na capital está concentrada a maioria das indústrias. Os principais parceiros comerciais do Ruanda são a Bélgica, a Alemanha, a Holanda e o Quénia.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 0,1.

População
A população era, em 2006, de 8 648 248 habitantes, mas a instabilidade política, a guerra civil, o genocídio e a má alimentação deixam dúvidas relativamente à fiabilidade dos números. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 40,37%o e 16,09%o. A esperança média de vida é de 47,3 anos. O valor do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,422 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,416 (2001). O valor do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,422 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,416 (2001).
A etnia dos Hutus representa 85% da população, enquanto os Tutsis são 14% e os Twas 1%. As principais religiões são o Catolicismo (44%) e o Islamismo (9%); a restante população segue crenças tradicionais e pertence a igrejas protestantes africanas. As línguas oficiais são o ruanda, o francês e o inglês.

História
O Ruanda e o Burundi, o país vizinho, partilham uma longa história monárquica. Entre 1922 e 1962 constituíram o território do Ruanda-Urundi, sob administração belga. O Ruanda veio a tornar-se uma república independente em 1962.
O Ruanda esteve, no início dos anos 90 do século XX, em estado de guerra civil, num conflito que opôs as duas principais etnias - Hutus e Tutsis -, levando à morte de muitos milhares de civis e criando centenas de milhares de refugiados - uma guerra que veio agravar a já de si pobre economia ruandesa.
Como referenciar: Ruanda in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-18 18:18:07]. Disponível na Internet: