Rui Coelho

Compositor, crítico musical e chefe de orquestra, Rui Coelho nasceu a 2 de março de 1892, em Alcácer do Sal. Precocemente vocacionado para a atividade musical, fez os seus estudos no Conservatório Nacional de Lisboa, tendo posteriormente, entre o período de 1909 a 1914, aperfeiçoado em Berlim os seus estudos de composição com Bruch e Schoenberg.
Toda a sua obra de temática, marcadamente nacional, abrange os mais variados géneros desde a ópera ao lied, e da música sinfónica à música de câmara e bailado. A crítica não foi pacífica relativamente à qualidade das suas obras sob o ponto de vista estilístico e estético. No entanto, Rui Coelho revelou-se um compositor profícuo, legando-nos inúmeras obras, entre as quais se salientam: 13 óperas ("Belkiss", ópera que obteve, em 1924, o 1º prémio do Concurso Nacional de Madrid; "Inês de Castro"; "Rosas de Todo o Ano"; "Soror Mariana"; "Auto da Barca do Inferno"; "Inês Pereira"; "Tá Mar"; "Entre Giestas"; "O Cavaleiro das Mãos Irresistíveis"; "O Rouxinol Cativo"; "Auto do Berço"; "Crisfal" (écloga) e "D. João IV").
A 10 de abril de 1914 apresentou no Teatro Nacional de S. Carlos a sua Sinfonia Camoniana nº 1, cantada por um conjunto de 500 vozes, caso inédito no País. Com "Canções de Saudade e Amor", em 1918, criou o lied em Portugal e com a "A Princesa dos Sapatos de Ferro" - argumento de António Ferro - iniciou a música de bailado português. A mesma preocupação nacionalista levou-o a compor, em 1919, a já citada ópera "Crisfal". Na sua vasta produção merecem ainda referência as oratórias "Fátima" e "Oratória da Paz".
Autor de música dramática, sinfónica, coral-sinfónica, de câmara, vocal e de piano, Rui Coelho assumiu-se como possuidor de um estilo muito próprio e de grande riqueza inventiva no plano melódico. O seu nome ficou ainda ligado à criação da ópera portuguesa baseada nas mais lídimas raízes nacionais. Paralelamente, desenvolveu a crítica musical em diversos periódicos e foi chefe de orquestra.
Rui Coelho morreu em Lisboa, a 5 de maio de 1986.
Como referenciar: Rui Coelho in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-11-15 08:52:41]. Disponível na Internet: