S. Caio

Papa natural de Salona, na Dalmácia, pode também ser denominado Gaius, Gaio ou Caius, crendo-se que seria parente do imperador Diocleciano e tio de Santa Susana (ambos dálmatas também).
Durante o seu pontificado, de 17 de dezembro de 283 a 22 de abril de 296, reinou a paz, apesar de a Igreja Católica se ter insurgido contra a sua inserção no sincretismo, uma vez que considerava a sua doutrina não como uma maneira, entre outras, de se relacionar com Deus, mas como a única e verdadeira, uma vez que tinha sido revelada pelo próprio Deus.
Impôs também a passagem pelas categorias de ostiário, leitor, acólito, exorcista (ordens menores) e de subdiácono, diácono e presbítero (ordens maiores) antes de se ser ordenado bispo.
Este papa foi sepultado na catacumba de São Calisto.
Como referenciar: S. Caio in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 11:18:16]. Disponível na Internet: