S. Hipólito

Antipapa originário do Oriente (Alexandria), foi discípulo de Santo Ireneu e tornou-se o primeiro antipapa da História, contestando São Calisto I, de 217 a 235.
Foi ordenado sacerdote pelo papa Vítor I, tornando-se num tenaz defensor de uma doutrina rígida que o levou a criticar posições humanitárias como as de São Calisto I e São Zeferino - designadamente a do perdão aos pecadores arrependidos e a da possibilidade do casamento entre classes sociais diferentes - considerando que a pureza do sacramento da Comunhão dependente da do ministro.
Detentor de grande e variada sabedoria, escreveu Philosophoumena, obra achada em 1842.
Supõe-se que a estátua de mármore segurando uma lista de obras descoberta em 1551 na via Tiburtina, desde 1959 na Biblioteca Vaticana, seja precisamente deste antipapa.
Como referenciar: S. Hipólito in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-20 20:26:39]. Disponível na Internet: