S. Leão IV

Papa italiano, de origem lombarda, filho de Rodoaldo, monge beneditino (ou talvez cónego regrante), era cardeal titular da igreja dos Quatro Santos Coroados (em 844) antes da sua eleição. O seu papado ocorreu de 10 de abril de 847 a 17 de julho de 855.
Como o papa anterior, foi consagrado antes de receber autorização do imperador, ato que não teve as mesmas consequências porque se vivia num preocupante clima de receio das invasões muçulmanas e era necessário tomar medidas rápidas e eficazes. Foi por esta razão que o papa mandou edificar um conjunto de muralhas que rodeou a basílica de São Pedro e se passou a chamar "cidade leonina". O imperador Lotário contribuiu monetariamente para a realização desta obra.
Cuidou também da fortificação de Porto e reconstruiu Civitavecchia (que então se chamava Centumcellae) num sítio estrategicamente preferível à localização anterior. O papa coroou imperador Luís II, filho de Lotário e regente do antigo reino lombardo, o que contudo não significou que as relações fossem ótimas, ou mesmo boas. De facto, Luís tinha razões para acreditar que se conspirava contra a sua vida, uma vez que o poder que detinha limitava o da Sede Apostólica. Reforçando esta ideia, o papa não deixava de aplicar severos castigos, como o de condenar à morte três funcionários do imperador que eram suspeitos de ter morto um legado do bispo de Roma.
Retomando com firmeza a autoridade da sua função, o papa repreendeu o patriarca de Bizâncio por ter destituído o bispo de Siracusa sem ter procurado a sua opinião, tendo ordenado a presença de ambos em Roma para ouvirem a sua decisão.
Leão IV invalidou o sínodo de Soissons, realizado pelo bispo Hincmaro de Reims e onde este, que era acusado de abuso do poder de metropolita, anulou todas as disposições do que o tinha antecedido na sede, Ebbo. Este facto originou os Falsos Capitulares (atribuídos a Isidoro Mercator, que apresentava cartas semi-forjadas dos primeiros papas até João III), com determinações sobre a limitação dos poderes dos bispos metropolitas e da primazia absoluta do papa.
Como referenciar: S. Leão IV in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 00:50:20]. Disponível na Internet: