S. Pio I

Papa italiano, natural de Aquileia (perto de Veneza) e filho de Rufino. Durante o seu pontificado (de 140 a 155) foram escritas obras de cariz teológico por importantes autores como São Justino e Hermas (possivelmente irmão de São Pio) que atestam o poder e fulgor espiritual que a Igreja de Roma tinha alcançado na altura, em plenas perseguições.
No ano de 144, num sínodo presbiterial, excomungou Marciano, negociante que originou e disseminou uma heresia gnóstica de carácter dualista no concernente à compreensão de Deus, baseada na tradição própria do Médio Oriente da confrontação entre o Bem (nesta circunstância o Novo Testamento) e o Mal (o Antigo Testamento), claramente maniqueísta.
Como referenciar: S. Pio I in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 06:32:57]. Disponível na Internet: