Sagitário

Constelação e nono signo do Zodíaco, pertence ao elemento Fogo, juntamente com Carneiro e Leão, e agrupa as pessoas nascidas entre 22 de novembro e 21 de dezembro.
Os sagitarianos recorrem ao conhecimento para entender o mundo, nomeadamente na sua demanda pela verdade e pelo sentido da vida, sendo este o signo da filosofia e da religião. Como gostam de estudar constantemente, e com profundidade, o que os rodeia, os sagitarianos acabam por ser flexíveis e abertos à novidade, o que também faz deles os mais eruditos do Zodíaco. Por não serem rígidos, mas sim impulsivos, são também amantes da liberdade e da independência.
Sendo do elemento Fogo, está associado ao físico e à interpretação do mundo pela ação, daí o seu gosto pela aventura e pelo conhecimento. Júpiter, rei dos deuses romanos, é o planeta dominante de Sagitário que é representado por um centauro (metade homem e metade cavalo) arqueiro. Este centauro é Quíron, que tem o arco apontado para Escorpião para se vingar pela morte de Órion. Quíron, imortal por ser filho de um deus grego, tinha um saber enciclopédico, sendo por isso mestre de artes, guerra, caça, equitação, música, ética e das artes divinatórias. Atingido acidentalmente por uma flecha envenenada, Quíron tentou, sem sucesso, tratar-se. Desejou morrer, mas como era imortal continuou em sofrimento. Para se livrar desse sofrimento aceitou trocar a sua imortalidade com Prometeu. Ficou então representado na constelação de Sagitário. A flecha lançada pelo seu arco também representa o voo em busca do conhecimento. Os centauros são considerados sábios e intelectuais, temperamentais e agressivos, tanto na mitologia grega como romana.
Os nativos de Sagitário são considerados amantes da diversão, companheiros, filosóficos, inteligentes e expansivos. São otimistas por natureza e acreditam que tudo se resolverá por si. São considerados sortudos (Júpiter é o planeta da sorte) e assim, por norma, conseguem alcançar o que desejam sem grandes dificuldades, o que os leva a ser generosos. São também francos e honestos, o que, associado a uma grande auto-confiança, pode levar a que façam intempestivamente declarações inadequadas que magoem quem os rodeia.
Os sagitarianos não gostam de se sentir encurralados e defendem a liberdade de ideias e de pensamento, assim como a mudança, embora também sejam conservadores e defensores dos valores da tradição.
Como referenciar: Sagitário in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-11 09:01:43]. Disponível na Internet: