San Sebastian

Donostia-San Sebastian, também conhecida pela "Bella Easo", é a capital da província espanhola de Guipúzcoa e pertence à Comunidade Autónoma do País Basco. A cidade localiza-se a norte, junto ao mar Cantábrico, e possui uma população total de cerca de 177 000 habitantes (2004).
A parte antiga da cidade estabeleceu-se sobre um istmo, que une o monte Urgull ao continente, enquanto que a parte nova ocupa uma vasta área ao longo do rio Urumea e é consequência do desenvolvimento industrial.
A sua origem é anterior aos Romanos, mas San Sebastian tornou-se verdadeiramente cidade no reinado de D. Sancho VI, que lhe atribuiu foral no século XII. Durante o século XIV tornou-se o principal porto de Navarra, devido à exportação de lã que então se fazia do Reino de Castela para Inglaterra e para a Flandres. No início do século XIX a cidade foi saqueada, após o seu abandono pelos Franceses. Com o estabelecimento do regime monárquico do rei D. Alfonso XII tornou-se em lugar de veraneio para a burguesia.
Atualmente é um importante porto pesqueiro e um centro turístico. Possui belas praias, sendo a mais famosa a de La Concha, e um passeio marítimo, que em conjunto com os Jardins de Alderdi Eder, constitui o lugar mais emblemático da Donostia. No que se refere a monumentos, a igreja de Santa Maria é um testemunho do estilo barroco dos séculos XVII e XVIII. Exerce também as funções administrativa, financeira, comercial, residencial e industrial, onde se destacam as indústrias do cimento, de metalurgia, alimentares e de equipamentos elétricos.
Como referenciar: San Sebastian in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-25 02:12:14]. Disponível na Internet: