Santos FC

Clube brasileiro de futebol, o Santos Futebol Clube foi fundado a 14 de abril de 1912, em São Paulo, por um grupo de três desportistas reunidos no Clube Concórdia.
A 15 de setembro desse ano realizou-se o primeiro jogo da nova equipa, que venceu o Santos Athletic Club por 3-0. O golo inaugural do Santos FC foi apontado por Arnaldo Silveira.
No início de 1913 a Liga Paulista convidou o Santos FC para participar no campeonato estadual e a estreia, a 8 de junho desse ano, ficou marcada por uma derrota por 8-1 frente ao Germânia. A primeira vitória em competições oficiais só surgiu a 22 de junho, quando o Santos ganhou no terreno do Corinthians por 6-3.
Em 1913 o Santos FC ganhou o recém-criado Campeonato Santista de Futebol, sendo este o primeiro troféu do historial do clube, que voltou a conquistar a competição em 1915.
Em 1933 o clube adotou o profissionalismo e dois anos mais tarde, em 1935, ganhou pela primeira vez o Campeonato Paulista. Passou depois por um período sem conseguir alcançar feitos importantes até que em 1955 voltou a ganhar o Campeonato Paulista.
Em 1956 chegou ao clube um jovem chamado Pelé, que viria a ser considerado o melhor futebolista do mundo de todos os tempos.
No período em que contou com Pelé o Santos conquistou diversos títulos internacionais, como a Taça Libertadores da América, a prova de clube mais importante da América do Sul, em 1962 e 1963. Nesses mesmos anos ganhou a Taça Intercontinental, na qual defrontou os campeões europeus. Em 1962 derrotou o Benfica em dois jogos. Na primeira mão, no Estádio de Maracanã, no Rio de Janeiro, o Santos ganhou 3-2 e na segunda mão, no Estádio da Luz, venceu por 5-2, com três dos golos apontados por Pelé. Em 1963 voltou a ganhar a Taça Intercontinental após derrotar o AC Milão de Itália.
Após a saída de Pelé, o Santos passou por um período menos bom e só em 1978 reconquistou o Campeonato Paulista, repetindo o feito em 1984.
Decorridos mais 14 anos o Santos venceu a Taça Conmebol, importante prova de clubes sul-americana.
O clube paulista ressurgiu em grande em 2002, ano em que ganhou pela primeira vez o Campeonato Brasileiro, com uma equipa constituída maioritariamente por jovens formados nos escalões jovens. No onze principal, treinado por Emerson Leão, destacavam-se Robinho e Diego. Este último foi contratado pelo FC Porto, no início da temporada 2004/2005, depois de ter voltado a ser campeão brasileiro no Santos em 2004, quando a equipa era orientada por Wanderley Luxemburgo.
Como referenciar: Porto Editora – Santos FC na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-19 00:45:02]. Disponível em