Santos Pacheco

Entalhador lisboeta do século XVIII. A sua atividade encontra-se documentada em 1728, 1731, 1739 e 1743. Executou a obra da capela-mor da Igreja de S. Miguel de Alfama em Lisboa, em 1728. Sendo considerado um dos maiores artistas de talha da capital, foi-lhe atribuído o risco para o retábulo da capela-mor da Sé Catedral do Porto. Foi responsável também pela capela-mor dos Paulistas de Lisboa e por um magnífico retábulo existente na Sé Catedral de Viseu.
Como referenciar: Santos Pacheco in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 16:34:17]. Disponível na Internet: