São José Lapa

Atriz portuguesa, São José Lapa nasceu a 19 de março de 1951, em Lisboa. Irmã da também atriz e encenadora Fernanda Lapa, fez o curso de Formação de Atores e Encenação do Conservatório Nacional, em Lisboa. A sua estreia como atriz aconteceu aos 21 anos com a peça Deseja-se Mulher, de Almada Negreiros, com encenação de Fernanda Lapa. Em 1973, fundou o grupo de teatro intitulado "Lídia, a Mulher Tatuada" no âmbito do Primeiro Ato - Clube de Teatro de Algés. Mais tarde, fundou a companhia de teatro A Centelha, que realizou mais de 300 espetáculos no distrito de Viseu com apoio estatal. Participou posteriormente na peça A Paixão de Pier Paolo Pasolini, na Casa da Comédia, e recebeu o Prémio de Melhor Atriz do Ano pela sua interpretação de Paulina na peça Casamento Branco, encenada pela irmã.
Fez parte do elenco fixo do Teatro Nacional, onde participou em diversas peças, com destaque para Mãe Coragem, Guerras do Alecrim e Manjerona e O Leque de Lady Windermere. Na televisão, colaborou com Herman José em alguns dos seus programas, nomeadamente Humor de Perdição (1987), Casino Royal (1987) e Crime na Pensão Estrelinha (1990).
Entrou também nas telenovelas A Banqueira do Povo (1993), Desencontros (1995), Ganância (2003), Fúria de Viver (2002) e Floribella (2006); nas séries Médico de Família (1998), Ballet Rose (1998), Clube dos Campeões (2000) e Mistura Fina (2004); e ainda nos filmes O Lampião da Estrela, de Diamantino Costa (telefilme, 2000), Nuvem de Ana Luísa Guimarães (1992) e Tráfico, de João Botelho (1998).
Ao longo da sua carreira, tem participado, como convidada, em diferentes programas de entretenimento, como, por exemplo, na Gala RTP 50 Anos e no juri do concurso Dança Comigo, ambos de 2007.
Como referenciar: São José Lapa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 06:08:08]. Disponível na Internet: