Scarlett Johansson

Atriz norte-americana, Scarlett Johansson nasceu a 22 de novembro de 1984, na cidade de Nova Iorque. Descendente de família polaca e holandesa, tem três irmãos, sendo um deles Hunter, seu irmão gémeo. Os seus pais divorciaram-se tinha Scarlett 13 anos.
Descobriu que queria ser atriz aos três anos de idade e, aos oito, pisou o palco pela primeira vez na peça Sophistry, onde representou com Ethan Hawke.
A sua estreia no cinema aconteceu em 1994, num pequeno papel na comédia de Rob Reiner North (North, o Puto Maravilha), protagonizada por Elijah Wood. Seguiram-se o thriller Just Cause (Causa Justa, 1995), no papel de filha de Sean Connery, e a comédia If Lucy Fell (Se Não Te Casas, Mato-me, 1996). Em 1996, foi nomeada para Melhor Atriz pelos Independent Spirit Awards, pela sua interpretação de Manny em Manny & Lo, de Lisa Krueger. No ano seguinte, entrou em Fall e em Home Alone 3 (Sozinho em Casa 3). Em 1998, conseguiu uma das suas melhores interpretações como Grace, uma criança que sofre uma queda de um cavalo e fica traumatizada, no filme realizado por Robert Redford, The Horse Whisperer (O Encantador de Cavalos). Pela sua interpretação neste filme ganhou o prémio do Hollywood Reporter "Young Star", que lhe incutiu um bom impulso na carreira. Participou em My Brother the Pig (1999) e, em 2000, entrou na adaptação cinematográfica de Terry Zwigoff do livro de banda desenhada Ghost World, de Daniel Clowes, o filme, independente e homónimo, (Ghost World - Mundo Fantasma), ao lado de Thora Birch e Steve Buscemi, sobre a vida de duas adolescentes inadaptadas. Ainda em 2000, contracenou com Billy Bob Thornton e Frances McDormand em The Man Who Wasn't There (O Barbeiro), dos irmãos Coen, e no ano seguinte protagonizou American Rhapsody, onde interpreta o papel de uma jovem que, nos anos 50, foge da Hungria para os Estados Unidos para se encontrar com os seus pais.
2003 demonstrou ser o seu ano de maior sucesso: entrou no filme realizado por Sofia Coppola Lost in Translation (O Amor é um Lugar Estranho), ao lado de Bill Murray. A sua interpretação valeu-lhe a nomeação para o Globo de Ouro de Melhor Atriz e recebeu um BAFTA. No mesmo ano, entrou em Girl With a Pearl Earring (Rapariga com Brinco de Pérola), de Peter Webber, no papel de Griet, a criada pela qual o pintor Johannes Vermeer (Colin Firth) nutre uma intensa obsessão. Scarlett recebeu a sua segunda nomeação, no mesmo ano, para o Globo de Ouro de Melhor Atriz.
Destaque ainda para The Perfect Score (2004); A Love Song for Bobby Long (2004), ao lado de John Travolta; A Good Woman (2004), adaptação da obra de Oscar Wilde, onde interpreta o papel de Lady Windermere e contracena com Helen Hunt e Tom Wilkinson. Deu ainda a voz a Mindy, em The SpongeBob SquarePants Movie (2004), e interpretou o papel de filha de Dennis Quaid em In Good Company (2004). Em 2005 desempenhou um dos papéis principais, Jordan Two Delta, em The Island (A Ilha), e protagonizou Match Point, um romance dirigido por Woody Allen. Em 2008, Johansson interpretou o papel de Cristina no filme Vicky Cristina Barcelona também de Woody Allen. O filme conta a história de duas amigas americanas (Scarlett Johansson e Rebecca Hall) que decidem passar as férias em Barcelona, onde conhecem um sedutor pintor (Javier Bardem) com o qual se envolvem.
Como referenciar: Scarlett Johansson in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-18 14:55:35]. Disponível na Internet: