Sebastian del Cano

Navegador espanhol, notabilizou-se durante a primeira metade do século XVI. Nasceu em Guetaria, em data incerta, e veio a morrer numa viagem à Índia, em 1526. Sebastião del Cano participa como lugar-tenente e comandante de um dos navios da célebre expedição de Fernão de Magalhães. O objetivo desta expedição, iniciada em 1519 e financiada pelo imperador Carlos V, era descobrir uma passagem no Sul da América em direção às Molucas e, ao mesmo tempo, provar que era possível a circum-navegação da Terra. Tratava-se de uma empresa extremamente complicada, quer pelos desafios técnicos que apresentava, quer pela hostilidade revelada por algumas das tribos em lugares onde houve necessidade de aportar. Magalhães será morto num dos combates travados nas Filipinas. Das quatro embarcações que largaram de Espanha apenas o navio "Vitória", comandado por Del Cano, regressará. A este navegador coube a glória de comandar a última grande etapa da viagem, em 1522. Foi, assim, o primeiro navegador europeu a dar a volta ao Mundo. Carlos V evocará esse feito no brasão de armas que lhe concede em graça: um globo com a divisa Primus circumdedisti me. Durante muito tempo, os espanhóis conservaram em Sevilha o navio "Vitória". Morreu em 1526.
Como referenciar: Porto Editora – Sebastian del Cano na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-18 19:26:05]. Disponível em