ser um Velho do Restelo

A expressão ser um Velho do Restelo significa «ser conservador, resistente a mudanças». O Velho do Restelo é uma das personagens de Luís Vaz de Camões na sua obra “Os Lusíadas” (Canto VI). Ele representa a voz da razão contra a ambição e a cobiça, opondo-se à proposição de Vasco da Gama de partir com a sua armada para a descoberta do caminho marítimo para a Índia.
Como referenciar: Porto Editora – ser um Velho do Restelo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-19 12:51:31]. Disponível em