Serra do Alvão

Serra do distrito de Vila Real, predominantemente granítica, cuja altitude máxima é de 1330 metros, com uma orientação nor-nordeste/su-sudoeste. O Parque Natural do Alvão abrange a sua vertente oeste, prolongando-se por uma zona indefinida de transição entre esta serra e a do Marão.
A serra do Alvão faz parte da barreira montanhosa que se estende desde a Galiza até ao Douro e que contribui para as diferenças marcantes entre o litoral e o interior transmontano, no que respeita ao clima e à paisagem.
Reveste-se de aspetos geomorfológicos e paisagísticos de grande interesse como: as quedas de água do rio Olo (afluente do Tâmega, aqui nascido), em Fisgas do Ermelo, numa bancada de quartzitos; o caos granítico de Miras-Arnal; e ainda a queda de água de Moinho de Galegos da Serra, em Arnal.
Esta foi, outrora, uma região bastante povoada, pois os seus planaltos eram propícios ao pastoreio e às atividades agrícolas. Nesses locais são inúmeras as inscrições rupestres e outros vestígios antropomórficos e zoomórficos, registando-se também a existência de dezenas de dólmenes.
Como referenciar: Serra do Alvão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-11-15 08:40:16]. Disponível na Internet: