Shirley MacLaine

Atriz norte-americana, de nome verdadeiro Shirley MacLean Beatty, nascida a 24 de abril de 1934, na Virgínia. Filha de uma atriz e de um professor de Filosofia, começou a sua carreira artística como bailarina quando tinha apenas 4 anos de idade. Aos 19 anos, já estava na Broadway, como corista na peça Me and Juliet (1953). Em 1954, quando Carol Haney, a atriz protagonista da peça The Pajama Game partiu uma perna, a jovem Shirley foi requisitada para substitui-la. O show foi um sucesso e impressionou decisivamente o produtor cinematográfico Hal Wallis que lhe ofereceu um contrato. Estrear-se-ia num filme de Alfred Hitchcock: The Trouble With Harry (O Terceiro Tiro, 1955), seguindo-se o papel de Princesa Aouda, coadjuvando David Niven e Cantinflas em Around the World in 80 Days (A Volta ao Mundo em 80 Dias, 1956). A sua primeira nomeação para Óscar foi obtida pela sua prestação em Some Came Running (Deus Sabe Quanto Amei, 1958) no papel de Ginny, uma jovem prostituta que se apaixona por um soldado (Frank Sinatra), a ponto de sacrificar a vida por ele. Tornou-se uma das atrizes preferidas do realizador Billy Wilder que a dirigiria em The Apartment (O Apartamento, 1960) -onde desempenhou uma jovem ascensorista que é disputada por um jovem empregado de escritório (Jack Lemmon) e o seu patrão (Fred MacMurray)-, e em Irma La Douce (1963) onde, novamente ao lado de Lemmon, personificou uma prostituta parisiense. Por ambas as prestações, recebeu nomeações para o Óscar de Melhor Atriz. Nos anos seguintes, MacLaine dedicou-se mais à política do que ao cinema propriamente dito. Uma Democrata assumida, participou ativamente nas campanhas presidenciais de Robert Kennedy (na sua auto-biografia, a atriz confessou que estava presente no hotel onde Kennedy foi assassinado) e de George McGovern. Na década de 70, depois de passagens pela televisão e pela Broadway, regressou em força aos grandes papéis cinematográficos com a sua personagem Deedee, uma ex-bailarina em A Turning Point (A Grande Decisão, 1977), obtendo assim a sua quarta nomeação para Óscar. Vencê-lo-ia por uma prestação inesquecível em Terms of Endearment (Laços de Ternura, 1983) no papel de uma viúva com uma difícil relação com a filha (interpretada por Debra Winger, que manteve azedas discussões com MacLaine no decorrer das filmagens) e que redescobre o amor na pessoa de um astronauta alcoólico (Jack Nicholson). A partir daí, a atriz começou a merecer destaque pelas suas ideias pessoais, tendo publicado numerosos livros acerca da temática da reencarnação e da perceção extrassensorial. Ainda arrancaria poderosos desempenhos em Madame Sousatzka (A Professora, 1988), Steel Magnolias (Flores de Aço,1989), Postcards From the Edge (Recordações de Hollywood, 1990), Wrestling Ernest Hemingway (Lutando Contra Ernest Hemingway, 1993) e no filme independente Carolina (2003). É irmã de Warren Beatty.
Como referenciar: Shirley MacLaine in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-23 22:30:02]. Disponível na Internet: