sinapse

A sinapse é a região de contacto muito próximo que medeia a transferência de informação entre a extremidade de um neurónio e a superfície de outra célula, que tanto pode ser outro neurónio como uma célula efectora (muscular, sensorial ou glandular).
As sinapses entre neurónios e células musculares são especificamente denominadas junções neuromusculares e as sinapses entre um neurónio e uma célula glandular denominam-se junções neuroglandulares.
Muitas sinapses ocorrem entre as terminações axiais de um neurónio e as dendrites do corpo celular de outro neurónio e denominam-se sinapses axodendríticas. Podem também ocorrer entre dendrites de corpos celulares e denominam-se sinapses axossomáticas. Menos comuns e menos estudadas são as sinapses formadas entre dois axónios (axoaxónicas), entre duas dendrites (dendrodendítricas) ou entre dendrites e corpos celulares (dendrossomáticas).
A região sináptica inclui uma membrana pré-sináptica, uma fenda sináptica e uma membrana pós-sináptica. O neurónio que conduz impulsos em direção à sinapse denomina-se neurónio pré-sináptico. Os neurónios pré-sinápticos são transmissores de informação. O neurónio a que é transmitido o impulso, através da sinapse, é denominado neurónio pós-sináptico. Os neurónios pós-sinápticos são recetores de informação.
A maior parte dos neurónios, pré-sinápticos e pós-sinápticos, recebem impulsos de uns neurónios e transmitem-nos a outros. Um neurónio pode ter entre 1000 a 10 000 terminações que estabelecem sinapses e é estimulado por igual número de outros neurónios.
São conhecidos dois tipos principais de sinapses, as sinapses químicas e as sinapses elétricas.
Nas sinapses químicas, quando o impulso nervoso chega à membrana pré-sináptica ocorre a libertação de neurotransmissores para a fenda sináptica, que se vão ligar a recetores presentes na membrana pós-sináptica, permitindo a propagação do impulso nervoso.
Nas sinapses elétricas, não há intervenção de neurotransmissores. O impulso nervoso propaga-se diretamente do neurónio pré-sináptico para o neurónio pós-sináptico.
Como referenciar: Porto Editora – sinapse na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-03 16:44:05]. Disponível em