Skopje


Aspetos Geográficos
Capital e maior cidade da Macedónia, Skopje localiza-se nas margens do rio Vardar, nos Balcãs, junto a uma estrada principal de ligação entre Atenas e a Europa Central. Possui cerca de 500 000 habitantes (2006).

História e Monumentos O local onde se situa a cidade foi inicialmente povoado pelos Romanos. Já na Idade Média, em 1282, a cidade foi conquistada pelos sérvios. Em 1346, foi nomeada capital do Império Sérvio liderado por Stefan Dusan. Em 1392, acabou por cair sob domínio dos Otomanos, ficando como segunda cidade turca mais importante até à queda de Constantinopla, em 1453. Neste período, a cidade mudou bastante, tendo sido construídas muitas mesquitas e outras construções típicas otomanas como os "banhos". Em 1689, a cidade foi queimada por um general austríaco. Em 1912, os otomanos foram expulsos da cidade pela população local eslava, sendo tomada pelos sérvios na Primeira Guerra Balcânica. Em 1918, integrou a Jugoslávia e durante a Segunda Guerra Mundial foi ocupada pelos alemães. Depois da libertação da Alemanha, em 1945, passou a integrar a república jugoslava da Macedónia, até 1991, data da independência do país. Grande parte da cidade teve de ser reconstruída após um grande terramoto ocorrido em 1963. Entre os seus principais monumentos, destacam-se a ponte de pedra sobre o Vardar (românica, reconstruída no século XV), a cidadela turca e as mesquitas de Mustafa Pasha e do sultão Murad (ambas também do século XV).

Aspetos Turísticos e Curiosidades
A cidade é moderna, mas mantém diversos monumentos de grande interesse histórico. Possui diversos edifícios notáveis, especialmente do período otomano. A Cruz do Milénio é uma das suas grandes atrações turísticas modernas, situada a 66 metros de altura, no monte Vodno (é uma da maiores cruzes do mundo, vendo-se a 30 km de distância). Skopje é também a sede do arcebispado da Igreja Ortodoxa e da Universidade da Macedónia fundada em 1949.

Economia
Centro industrial, comercial e de transportes do país, a cidade fabrica produtos químicos, cimento, maquinaria, madeira, têxteis e curtumes, destacando-se ainda a indústria siderúrgica. O desenvolvimento industrial da cidade foi acompanhado também por um desenvolvimento dos setores comercial e bancário.
Como referenciar: Skopje in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 22:17:01]. Disponível na Internet: