Solar dos Castros ou Casa do Cabo

O solar da família Sande e Castro, mais comummente conhecido por Casa do Cabo, situado na vila de São João da Pesqueira, é considerado um dos melhores exemplares da arquitetura da segunda metade do século XVIII de toda a região do Douro.
O edifício é constituído por uma longa fachada principal dividida, por pilastras, em três corpos. Os corpos laterais, mais longos, são rasgados por duas fiadas de cinco fenestrações decoradas segundo o modelo nasoniano (de Nicolau Nasoni) de volutas e sacadas. No corpo central destaca-se o portão monumental flanqueado por grandiosas pilastras estriadas rematas por capitéis onde assenta um grandioso balcão em balaústre. Ao balcão ascende-se pelo andar nobre através de uma portada envidraçada e cercada por ombreiras lavradas.
Coroa este edifício um brasão joanino inscrito na cercadura hemicircular decorada com volutas que, desta feita, interrompe a linearidade do telhado. Nele assentam ainda graciosas urnas sobrepostas às pilastras que dividem o corpo principal do edifício. Em termos gerais poderíamos afirmar que este conjunto arquitetónico, caracterizado por excelente equilíbrio, constitui um emblema do solar setecentista.
No seu interior, em harmonia com a grandiosidade da fachada principal, o seu recheio de outrora caracterizava-se por uma opulência que, infelizmente, não resistiu ao correr dos tempos. Adereços oriundos da Índia como candelabros, lustres, cristais, sedas, cambraias, damascos, cetins e espelhos de âmbar decoravam as divisões nobres do edifício, ornamentação essa complementada com um fabuloso mobiliário e excelentes tapetes da Pérsia.
No exterior localiza-se um jardim de estilo francês dividido em quatro partes pelos canteiros recortados de buxo e centralizado num pequeno lago. Nele estão diversas esculturas representando as estações do ano, taças e lagos característicos da época, plantas floríferas herbáceas e teixos.
Como referenciar: Solar dos Castros ou Casa do Cabo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 05:49:39]. Disponível na Internet: