Stanley Hall

Psicólogo e educador norte-americano, Granville Stanley Hall nasceu a 1 de fevereiro de 1844, em Ashfield, no estado de Massachusetts, e faleceu a 24 de abril de 1924, no estado de Massachusetts.
Em 1867, formou-se no Williams College e, depois, interessado em Teologia e Filosofia, estudou no Seminário de União Teológica. Posteriormente, influenciado pela obra de Wilhelm Wundt, dedicou-se à psicologia e, em 1878, obteve o seu doutoramento, sob a orientação de William James, pela Universidade de Harvard, tornando-se no primeiro doutorado em psicologia do país. Em seguida, realizou um estágio de psicologia no laboratório do psicólogo Wundt, em Leipzig, na Alemanha. De regresso aos Estados Unidos, lecionou, durante pouco tempo, na Universidade de Harvard e no Antioch College, para tornar-se professor da Universidade Johns Hopkins, onde organizou o primeiro laboratório americano de psicologia, em 1882. Cinco anos depois, fundou o Jornal Americano de Psicologia. Granville Stanley Hall foi o primeiro Presidente da Associação Americana de Psicologia e, entre 1889 e 1920, foi o primeiro Presidente da Universidade de Clark, criada em Worcester (estado de Massachusetts). Enquanto Presidente desta Universidade, Stanley Hall conseguiu trazer, aos Estados Unidos, em 1909, Sigmund Freud e os seus colaboradores mais próximos, Carl Jung e Sandor Firenczi.
Stanley Hall foi pioneiro, nos Estados Unidos, no estudo do desenvolvimento da criança e da psicologia educacional. Influenciado pela teoria da evolução de Darwin, o psicólogo procurou analisar o desenvolvimento da criança (ontogénese), a partir do desenvolvimento da espécie (filogénese), a fim de compreender o comportamento hereditário, mas a subjetividade desses estudos, tornaram a sua validação impossível. Nas suas investigações, debruçou-se também sobre os problemas da criança e do adolescente em três aspetos: conflitos com os pais, perturbações de humores, comportamentos de risco.
Das obras que publicou destacam-se The Contents of Children's Minds (1883), Adolescence: Its Psychology and Its Relation to Physiology, Anthropology, Sociology, Sex, Crime, Religion, and Education (1904, 2 volumes), Educational Problems (1911), Jesus, the Christ, in the Light of Psychology (1917).
Como referenciar: Stanley Hall in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 10:13:05]. Disponível na Internet: