Stewart Sukuma

Cantor moçambicano, Stewart Sukuma, nome artístico de Luís Pereira, nasceu em 1963, em Quelimane, Província do Zambeze (Moçambique).
Proveniente de uma família modesta, cedo se apercebeu do seu gosto pela música. Em 1977 foi para Maputo, onde aprendeu a tocar precursão, guitarra e piano e em 1982 começou a cantar numa banda. O seu primeiro trabalho discográfico foi gravado, em 1983, para a Rádio Moçambique. Nesse mesmo ano, recebeu o Prémio Ngoma para Melhor Intérprete Nacional, em Moçambique. Rapidamente se tornou num músico popular, ouvido nas estações de rádio moçambicanas.
Em 1987, gravou o álbum Independência, com a Orchestra Marrabenta Star de Moçambique, em Harare (Zimbabwe). Realizou vários concertos pela Europa, como no Festival de Berlim, em Londres, no Hackney Empire, na Finlândia, na Noruega, na Dinamarca, na Suécia, na Holanda, entre outros. Partilhou o palco com outros artistas, tal como Bhundu Boys, Mark Knoffler, Youssou N'Dour, Miriam Makeba, and Hugh Masekela.
Em 1995, Stewart Sukuma foi viver para a África do Sul, onde produziu o álbum Afrikiti, juntamente com outros músicos moçambicanos e sul-africanos. A sua música conjuga ritmos africanos, brasileiros e da música pop e o artista canta em português, inglês e outras línguas africanas.
Em 1998, vai para os EUA estudar no Berklee College of Music, em Boston (Massachusetts), tornando-se no primeiro moçambicano a estudar nessa escola. Nesse mesmo ano, ganhou o Prémio de Música da Unesco, em Moçambique. Em junho de 1998, realizou três concertos na EXPO'98, em Lisboa, e atuou no Houston International Festival, no Texas, em 1999, juntamente com outros artistas, como Angellique Kidjo, Abdullah Ibrahim, Oumou Sangare e Hugh Masekela. Stewart Sukuma é o cantor e letrista moçambicano mais conhecido fora de Moçambique.
Como referenciar: Stewart Sukuma in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 05:31:50]. Disponível na Internet: