suástica

O símbolo da suástica é um dos mais antigos e foi encontrado em objetos de culturas e religiões de locais tão diferentes como a Líbia, Índia, Pérsia, China, Japão e na Grécia e na Roma da Antiguidade Clássica, Escandinávia ou Inglaterra, entre outros. Em todos os exemplos encontrados, a suástica encontra-se representada junto a divindades ou como um amuleto mágico. Consoante tem os braços seguindo o movimento dos ponteiros do relógio, para a direita, ou no sentido contrário, para a esquerda, a suástica simboliza respetivamente o Sol e o elemento masculino ou a Lua e o elemento feminino. Para além do desenho de quatro braços, que é o mais comum, existem suásticas representadas com oito e 12 braços por movimentos antissemitas alemães.
Uma suástica constituída por quatro cascavéis, com os braços para o lado esquerdo e portanto lunar, foi encontrada em túmulos índios na América do Norte como alusão provável ao poder sagrado das cobras de renovação da vida. Também em túmulos da etnia nativa americana foram encontradas representações de uma suástica com pássaros do Sol com longos bicos parecidos com tucanos. Em escavações em Creta, foi encontrada uma suástica com uma lua crescente no seu interior, com os braços virados para a esquerda, tal como a suástica hindu, que faz lembrar os desenhos do labirinto do Palácio de Minos. A suástica romana de linhas duplas ou de quatro pares de braços, dos quais em cada par de braços um era mais pequeno, também representava, para alguns, um homem ajoelhado em oração. A suástica rúnica dos túmulos pagãos do Norte da Europa tem os braços fechados e era um símbolo de renovação e retorno ao ventre da Terra-Mãe. A suástica solar cujos braços terminam em pequenas circunferências estava relacionada com o movimento anual do Sol e as estações do ano com os seus solstícios e equinócios. O tetrascele é uma suástica cujos braços representam figuras de animais ou de braços e pernas humanos. Também denominado de Cruz Gamada, o desenho da suástica era usado nas igrejas medievais como brasão e decoração. No século XX, Hitler adotou a suástica por pensar que esta era um símbolo de pureza ariana.

Como referenciar: suástica in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-21 12:44:34]. Disponível na Internet: