Artigos de apoio

submarino
O submarino foi inventado no século XVIII pelo norte-americano David Bushnell, para tentar danificar os navios britânicos durante a guerra da independência dos Estados Unidos da América. No final do século XIX, outro americano, John Holland, desenvolveu um motor de combustão interna que permitia o deslocamento à superfície e que, conjugado com um motor elétrico que possibilitava a deslocação em submersão, constituía um sistema de propulsão eficiente.

Durante a Primeira e, sobretudo, a Segunda Guerra Mundial, os submarinos desempenharam um papel importante, permitindo à Alemanha afundar um grande número de navios mercantes e dando-lhe, pelo menos até certa altura, o domínio dos mares. Posteriormente, a aplicação de motores atómicos aos submarinos constituiu uma grande evolução, pois estes passaram a poder manter-se submersos durante meses, não necessitando de se reabastecer de combustível por períodos que podem mesmo chegar a ser de vários anos. Assim, os submarinos atómicos portadores de ogivas nucleares montadas em mísseis tornaram-se, durante o período da Guerra Fria, uma das armas mais temíveis.

Apesar de se terem tornado conhecidos sobretudo pelas suas aplicações militares, os submarinos têm também sido utilizados na pesquisa oceanográfica, na manutenção de estruturas submarinas e na exploração e recuperação de embarcações naufragadas.
Como referenciar: submarino in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-09-22 07:23:50]. Disponível na Internet: