sufixo

Tipo de morfema preso ou afixo que se acrescenta no final do radical ou forma base da palavra. Os sufixos podem transportar informação gramatical e semântica. Em português, os sufixos estão apenas associados a processos de derivação morfológica de palavras e não à flexão.
Os sufixos podem alterar a categoria gramatical de uma palavra, sendo alguns especializados em nominalizações, como os sufixos <-ção (ex: <legalização>, <realização>, <consciencialização>), ou <-mento (ex: <pensamento>, <planeamento>), outros em adjectivizações, como <-vel (ex: <amável>, <tolerável>) ou <-ante (ex: <amante>, <tolerante>, <viajante>) e outros ainda em verbalizações, como <-izar (ex: <ritualizar>, <atualizar>) ou <-itar (ex: <dormitar>, <saltitar>).
Os sufixos em português ainda transportam variados valores semânticos, como o significado de profissão/atividade (é o caso do sufixo <or, em <agricultor>, <vendedor>, <professor>) ou o significado de nacionalidade (é o caso do sufixo <-ês/<-esa, em <chinês>/<chinesa>, <inglês>/<inglesa>, <português>/<portuguesa>).
Como referenciar: sufixo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-20 04:56:22]. Disponível na Internet: