Sveva Casati Modignani

Pseudónimo de um casal italiano, o nome Sveva Casati Modignani surgiu em 1981 quando os jornalistas italianos, de Milão, Bice (Beatrice) Cairati e Nullo Cantaroni lançaram o livro Anna Dagli Occhi Verdi. O romance, baseado em histórias contadas pela avó materna de Bice, teve bastante sucesso, tendo vendido 300 mil exemplares em cinco edições. Em Itália, na época, vender 50 mil exemplares já era considerado um sucesso.
O pseudónimo, formado pelo nome de duas ilustres famílias milanesas, surgiu por sugestão do editor, já que não era muito atraente assinarem com os dois nomes em conjunto. Enquanto Bice escreve, o marido, Nullo, trata de corrigir os textos.
O casal começou a escrever por sugestão de um editor italiano, que não encontrava no seu país ninguém que escrevesse romances de sagas familiares, com um fundo histórico. Assim, os romances de Sveva Casati Modignani caracterizam-se, essencialmente, por apresentar histórias de famílias, sempre com mulheres lutadoras por protagonistas. A dupla de autores, através de Bice Cariati, assumiu desde o início que o público-alvo era as mulheres. Em 1982, Sveva publicou Il Barone, romance ao qual sucedeu, em 1983, Saulina. Este último conquistou em Itália o prémio Selezione Bancarella de 1984.
O primeiro livro de Sveva Casati Modignani a ser editado em Portugal foi Vaniglia e Cioccolato (Baunilha e Chocolate) em 2002, seguido de Vicolo della Duchesca (A Viela da Duquesa), em 2003, e Disperatamente Giulia (Desesperadamente Giulia), em 2003. Todos se tornaram em grandes sucessos de vendas em Portugal, levando a múltiplas edições.
O sucesso da dupla traduziu-se em cerca de dez milhões de exemplares de livros vendidos em 13 países, incluindo Portugal, até 2003.
Em maio de 2004 surgiu em Portugal outro bestseller, 6 Aprile '96 (6 de Abril de '96), o 16.º romance de Sveva. A autora passou nessa altura por Portugal para promover o seu livro.
Ainda em dezembro de 2004, Sveva Casati Modignani editou em Portugal mais uma obra que se tornou outro sucesso de vendas, Donna di Onore (A Siciliana).
Em 2006 edita A Cor da Paixão, história passada na Milão do pós-guerra, à qual se sucedeu o romance Uma Chuva de Diamantes. Seguem-se Lições de Tango, em 2007, e, em 2008, Feminino Singular , um olhar da autora sobre "a maravilha que é a maternidade", já sob a chancela da Porto Editora.
Como referenciar: Sveva Casati Modignani in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 09:47:51]. Disponível na Internet: