Talcott Parsons

Sociólogo norte-americano, Talcott Parsons nasceu em 1902, no Colorado Springs, EUA, e faleceu em 1979. Pretendeu criar uma estrutura conceptual capaz não só de abarcar toda a sociologia mas também de integrar as restantes ciências sociais.
Tradutor de Weber (dando-o a conhecer nos EUA) e herdeiro de Durkheim e Pareto, tomou como ponto de partida para as suas teses a ação social, tentando sintetizar a análise da ação individual e a análise dos sistemas sociais de larga escala. Entre as suas preocupações conta-se a de explicar o porquê da existência de uma ordem social.
Numa primeira fase tentou condensar as suas influências numa só teoria sociológica analítica da ação social voluntária, repudiando as teorias que viam a ação social como resposta automática a estímulos externos ou como resultado unicamente de coerção ou interesse pessoal.
Para Parsons a ação social nasce da partilha de normas e valores, daí que a harmonia seja possível. É esta a tese defendida no seu primeiro livro, The Structure of Social Action, e que veio a desenvolver em vários outros em que ressaltou a importância da integração de normas partilhadas no quadro de necessidades das pessoas.
O pendor conservador do pensamento de Parsons deriva precisamente desta sua defesa da integração dos indivíduos nas estruturas da sociedade e da descoberta de uma tendência dos sistemas sociais para o equilíbrio.
Observando a história humana, louvou a evolução progressiva em direção a sociedades mais diferenciadas funcionalmente. Todos os sistemas sociais podem ser estudados à luz de 4 necessidades funcionais: a manutenção das normas (estabilidade derivada da motivação para desempenhar tarefas), a integração (coordenação interna), a prossecução de objetivos (o estabelecimento de finalidades para o sistema) e a adaptação (a utilização dos recursos do meio).
Nos anos 60 começaram a surgir ataques às suas ideias pois, segundo os seus críticos, a sua teoria não só não é capaz de explicar a mudança social como esqueceu os conflitos sociais.
Como referenciar: Porto Editora – Talcott Parsons na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-29 02:22:25]. Disponível em