Artigos de apoio

Teatro de Epidauro
A arquitetura grega mantém, no essencial, as suas características clássicas desde o final da Guerra do Peloponeso até à conquista romana. O único elemento original introduzido neste período foi a remodelação dos teatros, construções muito importantes para a cultura grega, amante da arte da representação.

Os teatros, construídos ao ar livre, passam a ser planeados de uma forma racional, adotando uma estrutura regular. Até ao século IV a. C., o teatro era apenas um auditório, implantado numa encosta, preferencialmente côncava, servida por bancos de pedra.

A partir deste momento a rocha é escavada em hemiciclo, o que permite criar filas de bancadas concêntricas com intervalos regulares. O espaço central do teatro, de formato circular, era reservado para a atuação do coro.

O teatro de Epidauro, construído no século IV a. C. (c. 350 a. C.), é um belo exemplar deste tipo de construção grega. Neste caso podem ser observados alguns vestígios de um grande compartimento, possivelmente utilizado como uma estrutura de suporte do cenário.

O teatro faz parte da estação arqueológica de Epidauro, um local classificado Património Mundial pela UNESCO.
Como referenciar: Teatro de Epidauro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2016. [consult. 2016-12-09 00:01:24]. Disponível na Internet: