teoria dos argumentos

Modo de organização do estudo das estratégias retóricas, dividindo-se em argumentos legítimos, compreendendo as operações regulares e legais para impor as estratégias retóricas, e ilegítimos, isto é, operações irregulares e ilegais, seguidas para alcançar o mesmo fim. Os argumentos legítimos são de cinco tipos: lógicos, quase lógicos, psicológicos, tópicos e imagéticos.
Como referenciar: teoria dos argumentos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-06-06 02:11:25]. Disponível na Internet: