tesoura

A tesoura é um instrumento composto por duas lâminas unidas por um eixo que, quando pressionadas, se juntam para cortar determinados tipos de materiais.
As tesouras surgiram na Idade do Bronze, onde eram utilizadas para cortar peles e cabelo, e tornaram-se de uso comum em todo o continente europeu até ao final da Idade Média. Na Roma antiga e na Ásia, já havia tesouras de bronze e ferro com uma ligação no eixo. Os romanos davam usos diversos à tesoura e tanto recorriam a ela para cortar o cabelo, como a utilizavam para tosquiar animais, podar árvores e golpear tecidos.
A forma atual da tesoura, objeto cortante indispensável nos nossos dias, tem origem no século XIV, embora na altura ainda não tivesse uso corrente. O eixo colocado entre os dois braços, com pontas em lâmina, é o único ponto em comum entre a tesoura utilizada em diversas atividades domésticas e profissionais da atualidade e a que havia nessa época no reino do francês Carlos V, composta por ouro e prata, com esmaltes e anéis nas pontas. As referências ao uso de tesouras feitas em ferro voltaram a aparecer pouco tempo depois, em 1418, embora ainda sem ser para atividades domésticas. Aliás, continuavam a ser uma espécie de joias, só ao alcance de algumas damas da alta sociedade, que as guardavam em estojos de luxo. As tesouras passaram a ter utilização doméstica a partir do século XVI, mas só em 1761, quando o inglês Robert Hinchliffe as começou a fabricar em Sheffield, empregando aço fundido, é que teve início a produção em série. Esta cidade inglesa ganhou fama graças às tesouras e, até finais do século XIX, de lá saíam os modelos imitados em todo o mundo. O reinado de Sheffield só terminou quando a mecanização do processo fabril levou a uma simplificação dos modelos, dando origem ao estilo que ainda hoje define a forma das tesouras.
Este instrumento, apesar de ter ganho fama pelo seu uso doméstico, nomeadamente para cortar tecidos ou papel e abrir embalagens, também tem outras aplicações, através de modelos especialmente desenhados para tal fim, servindo para cirurgias, bordados, cabeleireiros, costura, alfaiataria, etc.
Como referenciar: Porto Editora – tesoura na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-24 00:27:46]. Disponível em