teste de Papanicolau

Citologia vaginal para a deteção precoce do cancro do colo do útero, desenvolvida por George Papanicolaou (1883-1962).
O teste de Papanicolau consiste na recolha de células do colo uterino e área adjacente e posterior análise da amostra, de forma a determinar a presença ou não de alterações celulares. Este método permite identificar células atípicas, que com o tempo poderão dar origem ao cancro do útero, ou detetar estados iniciais de cancro do útero.
O rastreio sistemático com o teste de Papanicolau, que deve ser realizado anualmente, nomeadamente em mulheres com vida sexual ativa, constitui o meio mais eficiente de prevenção do cancro do útero.
Doenças, como, por exemplo, a infeção por HPV (human papilloma virus), podem ser diagnosticadas através do teste de Papanicolau.
Como referenciar: Porto Editora – teste de Papanicolau na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-15 23:06:49]. Disponível em