The Strokes

Banda rock norte-americana, formada no ano de 1998, em Nova Iorque, por Julian Casablancas (voz), Nick Valensi (guitarra) e Fabrizio Moretti (bateria), aos quais se juntariam, mais tarde, Albert Hammond Jr. (guitarra) e Nikolai Fraiture (baixo).
A banda começou a tocar em bares na baixa de Manhattan, começando pelo Spiral e chegando a salas bem maiores como o Mercury Lounge. Num desses concertos, conheceram aquele que viria a ser o seu empresário, Ryan Gentles. Começaram a trabalhar com o produtor Gordon Raphael e editaram um EP, The Modern Age, que fez as delícias da imprensa britânica, em especial do jornal NME, dando início ao culto que se criou em volta da banda em Inglaterra. Efetuaram uma pequena digressão por bares, que teve um enorme sucesso, com todos os concertos esgotados. De seguida, fizeram duas digressões nacionais, como banda suporte, ao lado dos Doves e dos Guided By Voices.
Nesta altura, várias editoras os disputavam, tendo a RCA saído como vencedora. O primeiro álbum começou a ser trabalhado de forma cuidadosa para não deixar nada ao acaso e, no verão de 2001, foi editado o álbum de estreia da banda, Is This It, que em outubro chegou finalmente ao mercado norte-americano, com algumas diferenças no que se refere ao alinhamento. Devido aos atentados de 11 de setembro, a edição norte-americana não incluiu o tema "NYC Cops", que viu o seu lugar ocupado pela faixa "When it Started". Em Is This It, os Strokes mostram todas as suas influências, onde se podem encontrar nomes como Buddy Holly, Velvet Underground e John Lennon. Para terminar o ano em grande, Is This It foi destacado em grande parte das listas dos melhores álbuns de 2001, elaboradas pelas imprensas britânica e norte-americana.
Como referenciar: The Strokes in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-07 00:33:47]. Disponível na Internet: